“Foi o gin falando”: veja agora a graduação alcoólica do gin

Graduação Alcoólica do Gin - Blog Gin

Quem nunca colocou a culpa na bebida por algum vacilo? Recentemente, isso aconteceu no BBB 22, quando Douglas Silva foi se desculpar com Jessilane após uma briga e disse que “foi o gin falando”.

Esse acontecimento é mais comum do que parece, especialmente porque nem todo mundo tem ideia da graduação alcoólica do gin. A principal dificuldade nesse caso vem das inúmeras combinações possíveis ao preparar esse drink, que podem influenciar em seu teor alcoólico.

Se você quer saber o que é graduação alcoólica e qual é o nível do gin, então você veio ao post certo. Aqui, você irá aprender tudo o que precisa saber para entender de fato qual é o impacto da bebida no corpo.

O que é graduação alcoólica?

Graduação alcoólica, também chamada de teor alcoólico, é basicamente a porcentagem de álcool em determinado líquido. Por exemplo, um drink com graduação alcoólica de 30% tem 30% de seu volume correspondendo a álcool.

Falar sobre o quão “forte” é determinada bebida refere-se à graduação alcoólica dela. Ingerir altos teores de álcool pode fazer mal à saúde, um dos motivos pelos quais o máximo permitido no Brasil é 54%.

Alguns exemplos de médias de graduação alcoólica são o saquê com 16%, a vodka com 40%, a tequila com 27% e o gin com uma média de 40%.

Como calcular a graduação alcoólica do gin?

Já que a ideia é calcular o nível de álcool de uma bebida, primeiramente você precisa descobrir qual é o teor alcoólico dela. Essa informação deve constar na embalagem dela, sendo um percentual relativo ao volume total de líquido. A sigla é VA.

Por exemplo, é comum que o gin tenha em torno de 40% de VA, mas o seu valor exato varia dependendo do rótulo.

A partir dessa informação, podemos realizar uma regra de três para determinar a graduação alcoólica do seu drink. Considerando uma receita que leve 50 ml de um gin que tenha teor alcoólico de 40%, veja a seguir como a conta deve ficar:

50 ml — 100

X ml — 40

O resultado, que é onde está X ml, será o nível de álcool do seu drink. Nessa conta, ele será de 20 ml de álcool.

Caso a sua bebida conte com outros elementos alcoólicos, você deverá repetir o processo para calcular o nível deles e somar tudo ao final.

Agora que você já sabe qual é a graduação alcoólica do gin, já tem um conhecimento muito mais aprofundado para usar na elaboração dos seus drinks. O nível de álcool pode variar dependendo dos seus ingredientes, então é importante saber como fazer o cálculo sempre que precisar.
Falando em drinks, você pode encontrar tudo o que precisa para elaborar as suas receitas na Gin Brasil. Acesse o site e conheça as opções!

Artigos relacionados

Conheça o Gin Velvo Botanic com 8 horas de destilação

Conheça o Gin Velvo Botanic com 8 horas de destilação

Está em busca de uma base artesanal para o seu drink? Então, você pode experimentar o Gin Velvo Botanic, que é resultado de um processo de 8 horas de destilação artesanal. Tendo uma vasta variedade de ingredientes naturais em sua composição, esse gin é originário de...

Música Tipo Gin: tocando e bebendo gin

Música Tipo Gin: tocando e bebendo gin

O gin está na boca do povo, sendo um reflexo da sua sempre crescente popularidade. O último exemplo disso é a música Tipo Gin, do MC Kevin O Chris. Tipo Gin já ultrapassou 37 milhões de visualizações em seu clipe oficial no canal do YouTube. Isso fez com que a música...

Gin Tanqueray Sevilla, o aroma da laranja para você

Gin Tanqueray Sevilla, o aroma da laranja para você

A busca pelo gin perfeito precisa considerar as várias receitas diferentes que existem a partir das fórmulas originais. Isso vale inclusive para rótulos famosos, como é o caso do gin Tanqueray. Um exemplo disso é o Gin Tanqueray Sevilla. Criado a partir da famosa...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.