Moscow mule com gin: 4 dicas para preparar o seu

Gin Moscow Mule sendo preparado por bartender com avental preto

Uma coisa é certa: o Moscow Mule é um drink refrescante, saboroso e cheio de personalidade. Sua receita básica parte da junção de ingredientes como a vodka, o suco de limão e a cerveja de gengibre (no Brasil, é comum substituir a cerveja pela espuma de gengibre, já que a primeira não é tão simples de ser encontrada), sendo servida em uma bela caneca de cobre, que deixa tudo isso ainda mais diferente e único.

Mas você sabia que existem diversas variações da bebida, incluindo até mesmo o uso do nosso tão amado gin? Então, que tal descobrir um pouco mais sobre o assunto e conferir algumas dicas sensacionais para preparar o seu próprio Moscow Mule? Para isso, é só continuar com a gente!

Como preparar o Moscow Mule perfeito usando gin?

A seguir, listamos algumas dicas indispensáveis para você não errar na preparação desse drink.

1. Escolhendo o gin certo para o seu Moscow Mule

O gin é uma bebida cheia de características marcantes, graças à combinação de cereais e grãos utilizados em sua fabricação e ao seu aroma, proveniente das bagas de zimbro.

Portanto, na hora de escolher o melhor tipo de gin para preparar um Moscow Mule, dê preferência para:

  • Plymouth Gin: com um sabor terroso acentuado, principalmente por conta do uso em grande quantidade de raízes na sua fabricação, essa bebida tipicamente inglesa pode ser uma excelente ideia na preparação de um drink diferente de tudo o que você já provou;
  • London Dry Gin: podemos dizer que o London Dry Gin é uma espécie de “padrão” quando o assunto é gin. Por ser uma bebida neutra, é uma ótima escolha para ser utilizada nos mais diversos tipos de drinks;
  • New American: também conhecidos como “Internacionais”, esses gins passam por uma infusão com outros ingredientes além do zimbro, como pepino e rosa, por exemplo.

2. Identifique seus aromas favoritos

Com diversos tipos de gin disponíveis no mercado, a maneira ideal de selecionar o melhor para preparar o seu Moscow Mule é identificar o que mais atrai você em um drink. Um exemplo são os gins de frutas e ervas, como o Gin Rock’s Strawberry ou o Gin Greenalls Wild Berry.

3. Fique de olho na receita original

Você não é um especialista em preparar drinks? Sem problemas! Para não errar na hora de fazer o seu Moscow Mule, basta ficar atento a receita original, que requer uma única modificação: a troca da vodka pelo gin. Mantenha as mesmas medidas até que você se sinta seguro para se aventurar por outras variações.

4. Invista em uma caneca de cobre

É simplesmente impossível pensar em Moscow Mule sem imaginar a famosa caneca de cobre onde o drink costuma ser servido. Além da carga histórica desse acessório, alguns entendidos do assunto também garantem que o cobre é capaz de manter a bebida gelada por mais tempo, prolongando o paladar único, fruto da combinação de ingredientes.

De todo modo, vale a pena investir no item para garantir uma experiência ainda mais completa!

Artigos relacionados

3 especiarias perfeitas do Citric Insanity para o Gin Gordons

3 especiarias perfeitas do Citric Insanity para o Gin Gordons

Você já pensou em trazer um clima mais descontraído e cítrico para o seu gin? Então, basta escolher o Gin Gordons e um botânico que combine com essa ideia, que é o caso do Citric Insanity. O Gin Gordons Sicilian Lemon é um gin feito para equilibrar o gosto de zimbro...

As 8 melhores marcas de água tônica para comprar hoje

As 8 melhores marcas de água tônica para comprar hoje

Você com certeza sabe que a escolha das marcas de água tônica faz toda a diferença na sua bebida. Então, é fundamental conhecer as melhores marcas do segmento para não ter chance de errar na hora de preparar o seu próximo gin tônica. Felizmente, o mercado brasileiro...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *